Da Weasel - Pregos Lyrics

Artist: Da Weasel Lyrics
Popularity : 79 users have visited this page.
Album: Track 4 on 3.º Capítulo
Rate: Pregos gets avg. rating 7 out of 10 based on 2 ratings. Rate the song now!!!

Acendo mais um cigarro
E mais uma vez faço um esforço para ver se não aparro
Quando engulo o último ansiolítico
Prevejo mais um serão apocaliptico
Contigo o conhecimento surgia como um rebento
Dizem que o tempo tudo cura, não me contento
Sinto o meu corpo em frente da televisão
Desesperadamente à espera de um empurrão, mas não
Continua a não acontecer nada, maçada
Imagens desfocadas surgem à desfilada
E subitamente dou por mim assim
A pensar palavras abstractas como rim
Abstracto? De bom grado
Assinaria um pacto, exacto, diabo passa-me o contracto
Vendo-te a alma quando o corpo for enterrado
Pronto para continuar a ser devorado
Porque é que hei de correr para o que quer que seja
Se afinal não é isso que o meu corpo deseja
Sinto-me como um bebé preguiçoso, e dorminhoco
Deixando-me levar a pouco e pouco

Refrão:
Pai nosso que estais no céu
Sei que falo contigo do lugar do réu
Mas preciso de algo para sarar a minha chaga
Já agora diz-me, tens aí alguma vaga?
Basta! Dá-me um batuque que eu preciso dançar
Não! Dá-me antes a tua boca para eu a beijar
Vejo na minha cabeça um corpo balançante
Brilha quando abraça o seu amante
E lembro-me de nós, da tua voz
De noites inenarráveis passadas a sós
A chuva que me atrai pica como um alfinete
Atirei-me de cabeça sem capacete
Nada de complexo, apenas um reflexo
Todas as loucuras têm o seu nexo
Já não digo o mesmo das emoções
Experimentadas nas minhas invariáveis deambulações
Vagabundo, nocturno caído num bueiro
Como tantos outros sem paradeiro, dá-me algum dinheiro
Para comer, não, não, não, dá-me algum amor para viver

Refrão


If you believe the lyrics are not correct you can Submit Corrections to us

Lyrics007 gets licensed to display lyrics and pay the lyrics writers through LyricFind. The most of song titles are calibrated according to wikipedia