Desafinado Lyrics

Gal Costa


publisher: ©CORCOVADO MUSIC CORPORATION
writers: Antonio Carlos Jobim, Newton Mendonca
album: Track 9 in album Índia
release date: 1973
popularity : 13 users have visited this page.
genres: Latin Funk / Soul
styles: Bossanova/Samba/MPB
length: 2:39

Cover Art

Gal Costa Índia cover art
sponsored links

Se voc disser que eu desafino amor
Saiba que isso em mim provoca imensa dor
S privilegiados tm ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que Deus me deu
Se voc insiste em classificar
Meu comportamento de anti-musical
Eu mesmo mentindo devo argumentar
Que isto bossa-nova, isto muito natural
O que voc no sabe nem sequer pressente
Que os desafinados tambm tm um corao

Fotografei voc na minha Roleiflex
Revelou-se a sua enorme ingratido
S no poder falar assim do meu amor
Este o maior que voc pode encontrar
Voc com sua msica esqueceu o principal
Que no peito dos desafinados
No fundo do peito bate calado
Que no peito dos desafinados
Tambm bate um corao


Track Listing


12" Vinyl 1
  • 1 Índia
  • 2 Milho verde (folclore português)
  • 3 Presente cotidiano
  • 4 Volta
  • 5 Relance
  • 6 Da maior importância
  • 7 Passarinho
  • 8 Pontos de luz
  • 9 Desafinado