Who Sang Terra? Black Alien

Black Alien Babylon by Gus, Volume II: No princípio era o verbo cover art
Release information
Release Date: 2015
length: 4:17
Some other versions of "Terra"

Lyrics

[Ponte: coral de crianças]
Os planos de Jah para mim
São maiores que os meus próprios planos, para mim (x4)

[Verso 1: Black Alien]
Terra, meu atual endereço
Em reconhecimento para um novo começo
Interestelar, comando Ashtar
Para o táxi lunar que é aqui que eu desço
Me apresento, orquestro um mar de gente
Nos meus aposentos, a memória recente
Represento o pensamento que fica de testamento
Não me aposento enquanto o futuro não for presente
Hoje, futuro de ontem, andando no escuro no planeta dos homens
No topo da cadeia alimentar
Va bene ma non troppo, caro Watson, elementar
Aumenta o som, cê pode aumentar
Força pro vizinho vamos ver no que dá
Bumbo e caixa, caixa, cê não tá sozinho, eu te acho

[Refrão]
Eu vou ficar, eu vou ficar, vou vou ficar bem
(X3)

[Verso 2]
Procuro nossa semelhança e não a nossa diferença
Quitando os débitos com a minha própria consciência
Não se recupera certas faculdades
E um sinal de inteligência é a humildade
Quero o som do significado para mim
Seja ele bom, seja ele ruim
A vida é longa para se errar
Pode crer, e assombrosamente curta para se viver
No mundo dos deuses das vitórias fáceis
Contamos a história temos várias faces
Nós viemos de OVNIs e UFOs
Descemos pro combate num planeta de falsos triunfos
A missão: levar os versos para outro nível
Mudar para sempre a definição de impossível
Desde a última chegada eu coloco em termos:
Eu vim pelos povos, não por seus governos

[Refrão]

[Verso 3]
Os assuntos que agora abordo
Vêm do conjunto de informações que colho desde que acordo
Surpreendentemente atuais
São versos que contêm verdade e não datam jamais
Estamos mortos quando paramos de sonhar
E somos jovens enquanto temos ideais
Essa aqui é uma carta falada
Para a geração da molecada
Que serão os novos mães e pais
Informação, fé e melodia
Para tu não ficar a pé no mesmo assunto todo dia
Extraoficial, idéias extraordinárias
Black Alien te chamando na pequena área
Mesmo quando as nuvens choram
A vida sempre se renova e as coisas melhoram
Hoje meus amigos eu lhes trago boas novas
Diga ao povo que eu fico, a nova aurora é agora

[Refrão]

[Verso 4]
Sua felicidade é minha alegria
Eu vim de coração aonde mora minha poesia
Não foi em vão, à toa ou tardia
Desculpem a demora, chegou a hora, ora e vigia
Sólidas conclusões, líquidas reflexões
Quando nada mais da certo siga as instruções
Quem sou eu e quantos eu sou?
Me expresso no hip hop, no reggae, no ragga e no rock n' roll
Dois para me derrubar, são dois mil para ajudar
O leão conquistador da tribo de Judá
Pra botar de volta os vagões nos seus trilhos
Para que nossos filhos tenham o que herdar
O malote do diabo é mais atraente
A construção do seu passado é a atitude no presente
Aviso aos navegantes nada será como antes
Fé na caminhada, transmissão encerrada

[Ponte]


Tracklist
Digital Media 1
  • 1 1972 (intro)
  • 2 Rolo compressor
  • 3 Somos o mundo
  • 4 Rock' n' roll
  • 5 Terra
  • 6 Skate no pé
  • 7 Quem é você?
  • 8 Falando do meu bem
  • 9 Identidade
  • 10 O estranho vizinho da frente
  • 11 Homem de família
  • 12 Cidadão honorário (outro)

  • Release information
    label: ONErpm
    country(area): Brazil
    format: Digital Media
    script: Latin